Semente inteira de mim

©Márcia Sanchez Luz

 
(Img: Márcia Sanchez Luz)
 
Sou como uma flor que abraça
o vento que sopra do sul…
A luz que paira transporta
ilusões de um bem-fazer sem fim.
Semente inteira de mim
a muda prepara, serena
o broto que abarca e completa
na carência em compleição
meu silêncio mais profundo.
Vou como num voo inquieto
meu travesseiro buscar
na sombra que emana presença
de um coração que se vai.
E como a flor, vou partir
e a brisa ao norte volver
levando semente fagueira
do amor que um dia plantei.
 
Anúncios