Bertold Brecht

Poema da rosa

Bertold Brecht
Tradução de Augusto Boal

 



Há uma rosa linda
No meio do meu jardim
Dessa rosa cuida eu
Quem cuidará de mim?
De manhã desabrochou
À tarde foi escolhida
Pra de noite ser levada
De presente a minha amiga

Feliz de quem possui
Uma rosa em seu jardim
A minha amiga com certeza
Pensa agora só em mim
Quando sopra o vento frio
E o inverno gela o jardim
Eu tenho calor em casa
E fico quietinho assim

Feliz de quem tem o seu teto
Pra ajudar a sua amiga
A fugir do vento ruim
Que deixa gelado o jardim

(Poema extraído de Blocos Online)

Anúncios

MARES, LÁGRIMAS E OUTRAS ÁGUAS

Blocos Online lança edição 11 da Antologia Saciedade dos Poetas Vivos, em comemoração aos quatro anos do projeto na Internet

Poetas participantes:

Abilio Pacheco, Adelaide Amorim, Beatriz Amaral, Clevane Pessoa, Darlan Alberto T. A. Padilha/Dimythryus, Efigênia Coutinho, Flavio Gimenez, Flávio Mota, Gerson Ney França, Graça Graúna, Jania Souza, Jayme Benassuly, Luiz Otávio Oliani, Marlene Andrade Martins, Nazilda Corrêa, Paola Rhoden, Rosy Feros, Tere Tavares

Convidado
especial: Ferreira Gullar